Governo do Distrito Federal
1/07/22 às 18h23 - Atualizado em 1/07/22 às 18h24

Projeto inclui ex-carroceiros na coleta de resíduos da construção civil

COMPARTILHAR

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, assinou na tarde desta sexta-feira (1) uma Ordem de Serviço para início do projeto Auto Eco Social que vai promover a inclusão de ex-carroceiros. Iniciativa pioneira, o projeto piloto visa cumprir a Lei nº 5.756, de 14 de dezembro de 2016, regulamentada pelo Decreto 40.336/2019, que dispõe sobre a proibição da circulação dos Veículos de Tração Animal (VTA), visando a proteção da saúde dos animais.

 

 

Com a iniciativa, os trabalhadores da cooperativa serão responsáveis pela gestão do Papa-Entulho da região. Neste primeiro momento serão cinco veículos elétricos à disposição sob demanda para a coleta não-seletiva dos resíduos permitidos de recepção no PEV, limitados a 1 m³.

 

“Abrimos um chamamento público para as cooperativas interessadas em nos ajudar a construir essa solução. A cooperativa Cooperlimpo teve a proposta escolhida e agora vamos fazer esse projeto piloto por seis meses. É um projeto simples, mas tenho certeza que será de importância muito grande na geração de emprego e renda para o Distrito Federal”, declarou o diretor-presidente do SLU, Silvio Vieira.

 

O veículo elétrico terá capacidade para transportar de até 600 quilos de resíduos. O presidente da Cooperlimpo, Mesac Vidal, disse que o serviço será por demanda. “Nós teremos um telefone para atendimento. O cidadão pode ligar e pedir a coleta dos seus restos de obras, resíduos de construção, pequenas quantias de podas. Nossa meta é entrar em operação já nas próximas semanas. É um momento de felicidade para as cooperativas, catadores e carroceiros”, afirmou.

 

Os investimentos chegam a R$ 299 mil, sendo que R$ 154 mil são para aquisição de veículos. Serão 10 ex-carroceiros no projeto, sendo um gestor, cinco operadores de veículos e quatro operadores do papa-entulho. Eles receberão uma bolsa de R$ 1,9 mil por mês, além do lucro da comercialização dos recicláveis e do frete da prestação do serviço, que será dividido com os cooperados. O projeto conta com o apoio da Secretaria de Trabalho, na formação dos trabalhadores, além do Detran e outros órgãos.

 

O presidente da Associação de Criadouros de Equinos, Carroceiros e afins do DF e Entorno, João Paulo, agradeceu ao GDF pelos investimentos. “É o início de um projeto piloto que pode ser expandido para outras regiões. Antigamente, éramos mais de 32 mil carroceiros no DF. Hoje somos poucos mais de dois mil. Esses carroceiros iriam ser retirados de forma abrupta, mas com esse projeto, a gente permite uma transição de forma justa”, afirma.

 

 

SLU - Governo do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153