Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/08/20 às 9h44 - Atualizado em 11/08/20 às 11h06

SLU promove discussão sobre Política Nacional de Resíduos Sólidos

Evento foi transmitido ao vivo pelo canal oficial do órgão no Youtube e manteve boa audiência

VITOR PANTOJA, ASCOM SLU

 

Nesta quinta-feira (6/8), o SLU realizou seu quarto seminário virtual, com o tema “10 anos da Política Nacional de Resíduos Sólidos: Avanços e Desafios”. O evento, organizado pela equipe da Assessoria de Comunicação e Mobilização (ASCOM), foi transmitido ao vivo pelo canal oficial do SLU no Youtube e manteve boa audiência.

 

O webinar foi mediado pela coordenadora de mobilização do SLU, Luana Sena, e contou com a participação de Kátia Campos, coordenadora da Câmara Técnica de Resíduos da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) e ex-presidente do SLU; Silvano Silvério, especialista em Infraestrutura de Saneamento do Governo Federal; e Roberto Carlos Batista, promotor de justiça com foco de atuação em Direitos Humanos e Direito Ambiental.

 

Durante a transmissão, os convidados apresentaram diferentes perspectivas sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos, aprofundaram temas como fechamento dos lixões no Brasil, implementação da PNRS, grandes geradores e logística reversa. Além disso, eles esclareceram dúvidas do público em tempo real no chat do Youtube. Para Silvano Silvério, o Brasil precisa evoluir em rotas tecnológicas de destinação de resíduos que não sejam só de aterramento.

 

Ele ressaltou o papel da educação ambiental na aplicação da PNRS. “Uma das ações mais importantes e difíceis é a real sensibilização do cidadão. Ainda não conseguimos atingir em cheio essa consciência. O manejo dos resíduos começa na casa do cidadão. Se quisermos reduzir a geração, fazer a logistica reversa e ampliar a coleta seletiva, a educação ambiental talvez seja o que mais temos de evoluir atualmente”.

 

De acordo com Kátia Campos, a coleta seletiva em nível nacional evoluiu muito nos últimos 10 anos, triplicando seus índices, mas a compostagem estagnou. Segundo ela, é importante implantar unidades de tratamento dos resíduos orgânicos. Kátia também destacou o papel do cidadão na gestão de resíduos sólidos. “Quando você é cidadão, você separa e destina corretamente os seus resíduos. Essa educação vai muito além de ambiental, é uma educação para a civilidade, para a solidariedade e a gentileza”, afirmou.

 

O promotor de justiça Roberto Carlos Batista frisou a importância da conjugação de esforços para que o Brasil evolua cada vez mais no manejo dos resíduos sólidos. “Não existe solução mágica. Depende da participação de todos os envolvidos: cidadãos, órgãos públicos, iniciativa privada, grandes geradores, catadores. Cada um tem que dar a sua contribuição, por menor que seja. Se as pessoas fizerem a sua parte dentro do seu universo, conseguiremos melhorar o mundo para todos nós”.

 

O vídeo com a transmissão do webinar está disponível em nossa página do Youtube, nesse link: https://www.youtube.com/watch?v=N9d3b98cZ_I

SLU - Governo do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153