Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/09/17 às 12h11 - Atualizado em 29/10/18 às 17h27

SLU manterá diálogo com catadores sobre ocupação de galpões

Na noite desta quinta-feira (28), o governador Rodrigo Rollemberg recebeu representantes do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) para tratar dos últimos detalhes para o fechamento do aterro controlado do Jóquei, mais conhecido como lixão da Estrutural.

O encontro ocorreu na Residência Oficial de Águas Claras (Roac). Ficou acordado que o governo divulgará, na próxima semana, o cronograma e os procedimentos para a ocupação dos três galpões de transição para os catadores.

Um deles foi ocupado na última semana, o segundo começará nos próximos dias, e o terceiro está previsto para 13 de outubro. A meta é que o processo esteja concluído até o fim de outubro.

Os 1,2 mil catadores que trabalharão nos galpões vão receber a compensação financeira temporária de R$ 360,75. A concessão da bolsa é uma forma de compensar os trabalhadores pela redução da demanda de resíduos em função da desativação gradual do lixão. A medida foi proposta pelo Executivo no Projeto de Lei nº 1.459, de 2017, aprovado em maio pela Câmara Legislativa.

Lixão começou a ser desativado em 2015

O processo de desativação do lixão da Estrutural teve início em 2015, com a criação de um grupo de trabalho formado por diversos órgãos, que tem como finalidade elaborar e executar o plano de intervenção que visa ao encerramento das atividades irregulares.

Colocar resíduos sólidos em lixões é considerado irregular pela Política Nacional do Meio Ambiente, de 1981, e pela Lei de Crimes Ambientais, de 1998.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos, instituída pela Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010, estabeleceu, entre outras imposições, que os aterros sanitários somente poderão receber rejeitos — material que sobra após a retirada de tudo que pode ser reaproveitado.

SLU - Governo do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153