Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/05/18 às 18h57 - Atualizado em 18/05/18 às 19h32

SLU esclarece o trabalho das cooperativas de catadores nas centrais de triagem

COMPARTILHAR

PATRÍCIA KAVAMOTO

 

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) participou da Audiência Pública nº 03/2018, intitulada “Fluxo de Trabalho, Transparência e Constituição das Cooperativas de Catadores”, realizada nesta quarta-feira (9), pelo Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal.

 

A audiência foi organizada pelo grupo interinstitucional formado por membros do Ministério Público do Trabalho (MPT), do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Distrito Federal (MPC/DF), além da Defensoria Pública.

 

Foram tratadas questões que envolvam a constituição jurídica e a transparência das atividades das cooperativas, além dos fluxos de trabalho nos centros de triagem.

 

De acordo com a diretora-presidente do SLU, Kátia Campos, a audiência foi muito importante, pois discutiu graves problemas enfrentados com o trabalho dos catadores nos galpões alugados. “Além disso, foi possível mostrar que, a cada mês, a situação está melhorando, está se organizando. Ficou bastante claro que tanto os catadores estão aprendendo a trabalhar de forma associada quanto, o próprio SLU, a lidar com cooperativas”, acrescentou.

 

Durante a audiência, Kátia ressaltou a importância da população em fazer a coleta seletiva, separando os materiais recicláveis dos orgânicos e rejeitos, o que contribui para a geração de renda aos catadores e aumento da vida útil do Aterro Sanitário de Brasília.

SLU - Governo de Brasília

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153