Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/02/15 às 13h46 - Atualizado em 29/10/18 às 17h26

SLU convoca servidores para exames médicos periódicos

A ação é parte da Política Integrada de Atenção à Saúde do Servidor

(Brasília, 5/2/2015) – Realizar o monitoramento da saúde dos servidores. Com base nesse objetivo, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) convoca os efetivos, que possuem lotação na autarquia, para realizar os exames médicos periódicos. A ação está inserida na Política Integrada de Atenção à Saúde do Servidor Público do Distrito Federal, instituída pelo Decreto nº 33.653, de 10 de maio de 2012. A iniciativa recebe o apoio da Secretaria de Gestão Administrativa e Desburocratização (SEGAD), por meio da Subsecretaria de Saúde e Segurança no Trabalho.

O Núcleo de Medicina (Nume) do SLU orienta o servidor a entrar em contato pelo telefone 3213-0147 ou 3212-0148 para marcar consulta em Medicina do Trabalho. “A agenda abre a partir de 23 de fevereiro. Os atendimentos ocorrem às segundas-feiras, pela manhã e às quartas, no período da tarde. São dez pacientes por dia”, informa o assistente da Gerência de Desenvolvimento de Pessoas (Gedes), José Rodrigues Lima.

Durante a consulta, o servidor recebe encaminhamento para os exames médicos periódicos, os quais precisam ser executados por instituições especializadas, contratadas especificamente para esse fim. Os que se recusarem a realizá-los precisam assinar um termo.

Os servidores serão submetidos a exames periódicos que compreendem avaliação clínica, além de exames complementares como: hemograma completo, glicemia, urina tipo I, creatinina, colesterol total e triglicérides, AST (Transaminase Glutâmica Oxalacética – TGO); ALT (Transaminase Glutâmica Pirúvica – TGP); citologia oncótica (Papanicolau), para mulheres; oftalmológico, para servidores com mais de 45 anos; pesquisa de sangue oculto nas fezes (método imunocromatográfico) e PSA, para servidores com mais de 50 anos; mamografia, para servidoras com mais de 50 anos; entre outros considerados necessários pelo Médico do Trabalho. 

Para aqueles com idade entre 18 e 45 anos, os exames devem ser feitos a cada dois anos. Os que possuem acima de 45, a periodicidade é anual. Os servidores expostos a riscos que possam implicar desencadeamento ou agravamento de doença ocupacional ou profissional, além dos portadores de doenças crônicas, o intervalo de realização desses testes chega até um ano.

Com os exames em mãos, o servidor entra em contato com o Nume para marcar o retorno com o médico do trabalho, a fim de verificar o resultado e emitir o atestado de saúde ocupacional, se não houver alterações. A depender do caso, o servidor recebe atendimento com cardiologista da SEGAD, que atende no Nume, às sextas-feiras pela manhã, ou recebe encaminhamento para outras especialidades na rede pública do DF. 

De acordo com o assistente José Rodrigues, a importância dos exames médicos periódicos é a prevenção. “Essa ação visa diagnosticar se o servidor possui algum problema de saúde. Já houve situações em que colegas passaram por esses exames e doenças graves foram detectadas”, conta.

A diretora-geral do SLU, Kátia Campos, também alerta para a realização dos exames médicos periódicos. “Considero imprescindível o rastreamento e o diagnóstico precoce de agravos de saúde, bem como promover a conscientização para a necessidade de preservação do bem-estar físico, social e mental dos servidores públicos”, afirma.

SLU - Governo do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153