Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/07/20 às 9h39 - Atualizado em 9/07/20 às 12h42

SLU assina carta de intenções para produção e consumo de CDR

Combustível derivado de resíduos pode ser produzido a partir dos rejeitos da coleta seletiva

ASCOM SLU

 

O SLU assinou hoje uma carta de intenções que formaliza o Protocolo de Intenções para produção e consumo de combustível derivado de resíduos (CDR) que pode ser produzido a partir dos rejeitos da coleta seletiva e de usinas de tratamento mecânico biológico.

 

O objetivo é promover a cooperação institucional, técnica e científica entre o SLU e a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP), que representa as empresas cimenteiras, para produção e aproveitamento desse derivado nos altos- fornos de fabricação de cimento.

 

A utilização do CDR tem grande potencial de uso pela cadeia produtiva do cimento, que têm capacidade para absorver até 130 mil toneladas de CDR por ano. Além disso, esse combustível contribui para a diminuição da emissão de CO2 e aumenta a vida útil do aterro sanitário.

 

Para Edson Duarte, que assinou o documento ainda como presidente do SLU, “o passo dado hoje formaliza a viabilidade desse projeto que vem sendo amplamente discutido no DF, principalmente pelo grande potencial de aproveitamento do CDR, já que há duas fábricas de cimento no DF”. Ele explica que “a produção de CDR terá impacto direto na redução de custos na gestão dos resíduos que fazemos e na preservação do meio ambiente, além de permitir a substituição do coque na produção do cimento, que é um combustível caro e que vem de fora do país”.

SLU - Governo do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153