Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/04/16 às 15h40 - Atualizado em 29/10/18 às 17h26

Novo contrato com empresa de limpeza urbana beneficiará sete regiões

Acordo prevê o uso de caminhões menores em locais de difícil acesso e a instalação de contêineres subterrâneos em áreas com problemas de acúmulo de lixo

Sete regiões administrativas do Distrito Federal ganharão melhorias no serviço de limpeza urbana. Novo contrato do governo de Brasília com empresa especializada — que realizará a coleta convencional em Águas Claras, em Ceilândia, na Estrutural, no Park Way, no Riacho Fundo I, em Taguatinga e em Vicente Pires — prevê a utilização de caminhões menores para trabalhar em locais de difícil acesso e a instalação de contêineres subterrâneos em áreas com problemas de acúmulo de lixo.

O acordo é de R$ 76.579.881,20 e tem validade de 10 meses, renováveis pelo mesmo período. A Valor Ambiental foi escolhida por meio de pregão eletrônico, cujo resultado foi publicado no Diário Oficial do DF de 22 de abril. O dinheiro é liberado à medida que a empresa cumpre as obrigações estabelecidas para cada mês. Atualmente, a mesma companhia atende as sete regiões administrativas contempladas na licitação por meio de contrato emergencial, com vencimento em junho.

A contratação também prevê a operação e a manutenção da Usina de Triagem e Compostagem de Ceilândia e a compostagem, no pátio dessa unidade, de parcela dos resíduos orgânicos processados na Usina de Triagem e Compostagem da Asa Sul.

Caminhões menores

Segundo o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), a previsão é que o novo acordo seja assinado no mês de maio, encerrando-se o contrato emergencial. O diretor-técnico do órgão, Paulo Celso dos Reis, explica que a medida trará mudanças que beneficiarão a população. “Algumas áreas, como o Sol Nascente, são de difícil acesso, por isso está previsto que a empresa utilize caminhões de menor proporção para fazer a coleta nesses locais”, explica.

Outra vantagem é a instalação de contêineres subterrâneos no Sol Nascente e no Pôr do Sol — em Ceilândia — e no setor de Santa Luzia, na Estrutural, prevista para ser efetivada entre junho e agosto. “A medida vai acabar com o problema do lixo acumulado nas ruas dessas regiões. Serão utilizados caminhões com guindastes para tirar os contêineres e esvaziá-los, quando necessário”, detalha Reis.

Histórico

O pregão eletrônico foi aberto em maio de 2015 e suspenso duas vezes por questionamentos do Tribunal de Contas do Distrito Federal. Para reabrir o processo, o SLU fez a correção desses entraves. Desde a interrupção da licitação, em junho de 2015, a limpeza pública nessas áreas funciona por contratos emergenciais firmados com a Valor Ambiental.

SLU - Governo do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153