Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/06/15 às 20h33 - Atualizado em 29/10/18 às 17h26

“De Olho na Coleta” passa em cinco regiões administrativas

Projeto do SLU busca parceria com moradores para fiscalizar a coleta convencional 

(Brasília, 12/6/2015) – Com apoio das administrações regionais, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) promoveu, nesta quinta-feira (11), reuniões com lideranças comunitárias do Jardim Botânico, Lago Sul, Candangolândia, Núcleo Bandeirante e Park Way para apresentar o Projeto “De Olho na Coleta”. O objetivo é captar a participação dos moradores para que sejam agentes fiscalizadores da coleta convencional (lixo domiciliar) nessas regiões.


Pelo projeto, é dever do cidadão ficar atento ao cronograma de recolhimento do lixo. Por isso, o morador precisa observar os horários e dias de coleta nas regiões administrativas. Caso o caminhão coletor não passe, o SLU recomenda que o cidadão recolha os resíduos de volta à sua casa, evitando a presença de vetores de doenças e, em seguida, entre em contato com o órgão, pelo telefone 3213-0153.

Durante os encontros, outros temas também foram abordados, com destaque para as áreas de descarte irregular de resíduos, chamados de bota-fora. A diretora-geral do SLU, Kátia Campos, explicou que está em elaboração, conjuntamente com outros órgãos, projeto que pretende transformar os pontos sujos em pontos de convivência comunitária. “Precisamos do apoio da comunidade local e de cada administração regional para definir a utilização pública a ser dada aos pontos sujos. No lugar dos bota-foras pode ser instalado um campo de futebol, uma horta comunitária, um Ponto de Entrega Voluntária (PEV), entre outras opções de espaços e equipamentos”, explicou a diretora.  

 

A diretora-geral do SLU, Kátia Campos, afirmou ainda que a orientação do governador Rodrigo Rollemberg é discutir e aperfeiçoar os serviços junto à comunidade. “Também trabalhamos em conjunto com a Agefis, a fim de melhorar a prestação e a fiscalização da limpeza urbana”, acrescentou Kátia.

 

Para o administrador regional do Núcleo Bandeirante, Park Way e Candangolândia, Roosevelt Vilela, a fiscalização e a mobilização dos moradores são fundamentais. “Somente com a participação da comunidade poderemos implantar políticas públicas eficazes. Todos precisam ter consciência de que o lixo produzido por nós é nosso problema”, alertou Vilela.

 

O administrador regional do Lago Sul e Jardim Botânico, Aldenir Paraguassú, colocou ambas as administrações regionais à disposição do SLU, para construção de um novo modelo de região limpa e sustentável. “Considero esse projeto um grande ganho para todas as cidades do DF e é de suma importância a participação da comunidade nesse programa, pois ela pode ajudar em todo o processo”, disse.

 

O Projeto

O “De olho na coleta” foi lançado pelo SLU, em 13 de março, durante encontro com lideranças comunitárias de Brazlândia. O projeto passou também em Sobradinho, Planaltina, Vicente Pires, Guará, Águas Claras e Asa Norte, Santa Maria, Gama e Taguatinga.


SLU - Governo do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153