Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/06/15 às 3h00 - Atualizado em 29/10/18 às 17h26

Ação de identificação de catadores no Lixão do Jóquei

Iniciativa é uma das medidas adotadas para garantir a segurança no local

(Brasília, 5/6/2015) – O Serviço de Limpeza Urbana (SLU), a Polícia Civil e a Defensoria Pública do Distrito Federal realizaram ação de identificação dos catadores de materiais recicláveis no Lixão do Jóquei, de 26 de maio a 3 de junho. Nesse período foram emitidas 101 carteiras de identidade do DF e 37 encaminhamentos de certidões de nascimento e de casamento.  

O acesso ao Lixão do Jóquei mudou, desde o último dia 26, data em que foi publicada a Instrução Normativa nº 36, de 25 de maio de 2015, no Diário Oficial do DF. O documento visa garantir a segurança das pessoas que transitam no interior do lixão, além de evitar a ocorrência de acidentes com catadores e outras pessoas que entram no local.

A entrada de pessoal será admitida somente pela portaria principal, e haverá registro de ingresso e saída de todos os catadores. Também estão proibidos o acesso e a circulação de caminhões com pessoas apoiadas na carroceria e a disposição de resíduos em lugar inadequado — nesse caso, haverá penalidade para quem infringir a norma. Alimentos vencidos ou prestes a vencer só entram no lixão se estiverem triturados ou não puderem ser consumidos. De acordo com o SLU, a medida visa evitar o consumo desse tipo de substância.

O presidente da Coopernoes e também catador, Alex Pereira dos Santos, aprova a iniciativa. “Viemos trabalhar no lixão em 2008. Acho importante essa ação civil voltada para os catadores, pois a falta de documentação era um problema para a cooperativa e aqueles que apresentavam, a maioria era de outros Estados”, conta.

De acordo com a assessora especial do SLU, Andréa Portugal, as ações no Lixão do Jóquei são integradas por envolver outros órgãos governamentais. “Essa iniciativa visa organizar a entrada dos catadores no local, além de evitar situações como aquela em que o catador faleceu, no último mês, e não se sabia quem era. A necessidade da carteira de identidade ser do DF facilita a identificação do catador para a Polícia Civil”, explica.

 

SLU - Governo do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal SCS Quadra 08 Bloco “B50” 6º andar Edifício Venâncio 2000 - CEP: 70.333-900 Telefone: (61) 3213-0153